Artigo: Redução de custos logísticos

  • Artigo: Redução de custos logísticos

    Artigo: Redução de custos logísticos

    *Por William Rego

    No Brasil, 11,73% da receita líquida das empresas está ligada aos gastos com logística, como mostra o estudo “Custos Logísticos no Brasil 2015”, divulgado ano passado pela Fundação Dom Cabral. O valor representa aumento de 1,8% em relação a 2014 entre as 142 companhias consultadas em 22 diferentes segmentos. A pesquisa mostra que o acréscimo de um ano para o outro é ainda mais impactante entre as grandes corporações, com volume de vendas entre R$ 500 milhões e R$ 1 bilhão, chegando a 30%.

    Em um período de recessão econômica em que as empresas buscam ao máximo “enxugar” as despesas, é importante estar atento a medidas que proporcionem redução nos valores, beneficiando empresas e clientes. Toda a economia gerada fará diferença e o tornará ainda mais competitivo perante a concorrência. Mas como fazer isto frente à inflação e a constantes aumentos no preço do combustível e do pedágio em diversas regiões do país? Medidas simples e um planejamento mais eficaz podem ajudá-lo a evitar impactos nas finanças.

    Reveja os custos e mapeie os processos

    A reavaliação do histórico de gastos e dos processos adotados é crucial na identificação de possibilidades para aprimorar a gestão financeira e viabilizar a tomada de decisão de maneira mais assertiva, visualizando as maiores despesas e alternativas para reduzi-las. Com isso, será possível perceber em cada atividade analisada, uma oportunidade de melhoria.

    Tecnologia ao seu favor

    Sabemos como o uso da tecnologia é vital para o sucesso dos negócios, o aumento da produtividade e a eficiência das equipes. Na área de transportes, não é diferente. Mesmo que haja um investimento inicial, apostar em novas tecnologias pode contribuir consideravelmente. Sistemas de gestão como um roteirizador, por exemplo, podem auxiliar nesta atividade uma vez que aumentam a produtividade, evitam erros e retrabalhos e oferecem suporte com relatórios Maior controle sobre os custos de viagem

    Combustível, pedágio, alimentação e hospedagem. Quanto a sua empresa gasta com estes itens durante uma viagem? Com o auxílio de softwares, é possível prever estes custos com maior assertividade, além de se fazer necessário o controle de como e quanto está sendo utilizado. Caso ainda não utilize um cartão pré-pago, é recomendável pensar nos benefícios e na segurança que ele oferece aos transportadores. A Target MP fez uma parceria com o Bradesco, instituição financeira líder em administração de cartões e presente em mais de 4,4 mil pontos espalhados pelo país, e juntas criaram a solução Transportes Bradesco Target, que unifica todas as despesas e permite o controle a distância.

    Gerenciar o custo logístico de forma eficaz é essencial para se destacar em um mercado tão competitivo e lidar com momentos mais delicados na economia. A excelência no planejamento é o ponto inicial para a adoção de melhores práticas e conquista de resultados favoráveis para a empresa e seus clientes.

    * William Rego é sócio-diretor de TI e Operações da Target Meio de Pagamentos.

    Comments are closed.