Crise beneficia uso dos cartões pré-pagos

  • Crise beneficia uso dos cartões pré-pagos

    Um setor que tem sido beneficiado com o aperto financeiro é o de cartões pré-pagos. Eu conversei com o diretor comercial da Acesso, que é a maior empresa independente de cartões pré-pagos, Elvis Tinti, e ele me informou que nos dois últimos anos o número de usuários de cartões pré-pagos cresceu quase 200%, passando de 510 mil em 2015 para 1,5 milhã este ano. Para 2017, a expectativa de crescimento é de 25%.

    Elvis tinti Crise beneficia uso dos cartões pré pagos

    Elvis Tinti aposta em crescimento agressivo para 2017.

    A explicação para este crescimento em meio à crise é simples: controlar gastos não tem sido uma tarefa fácil para os brasileiros. Com o aumento do custo de vida, associado ao crescimento do desemprego, das altas taxas de juros cobradas pelos bancos e das restrições financeiras, os consumidores estão optando pelos cartões pré-pagos como uma forma de ajuda na educação econômica, na medida em que evita a contratação de dívidas. Ou seja, ao contrário dos cartões de débito e de crédito, o cartão pré-pago só pode ser usado se a pessoa tiver saldo positivo, além do que as tarifas são bem mais baixas.

    Segundo me disse o diretor da Acesso, outra vantagem do cartão pré-pago é que ele pode ser encontrado em 5 mil pontos que incluem agências bancárias, supermercados, lojas e até na internet e diferente dos cartões de débito, o pré-pago não está ligado a nenhuma conta em banco, bastando apenas fornecer o nome, endereço e CPF quando fizer o depósito para carregar o cartão.

    Outra vantagem do cartão pré-pago, é que o consumidor pode fazer o uso inteligente, prevendo o que vai gastar no supermercado, nos postos de combustíveis ou farmácia. Também pode ser usado para recargar o celular pré-pago e cartão do transporte coletivo. E, para quem tem filhos, o pré-pago pode ser utilizado para a mesada. Já para os profissionais autônomos, é possível emitir boletos de carga e enviar para seus clientes pagarem pelo serviço realizado.

    O cartão pré-pago também pode ser utilizado em viagens para fora do país, tendo como vantagens, o controle do quanto se pretende gastar enquanto estiver no exterior. Por exemplo: se o turista não pretende gastar mais do que uma certa quantia de dólar ou euros, é possível fazer esse controle através do pré-pago, explica Elvis Tinti.

    Segundo o diretor comercial da Acesso, no ano passado, a empresa faturou R$ 18 milhões e para este ano o faturamento previsto é de R$ 40 milhões.

    LER ESTA NOTÍCIA DIRETO DA FONTE

    Leave a comment

    Required fields are marked *